Tathiana Pedroso's Blog

pensamentos, educação e arte

Autorretrato 26 de agosto de 2009

Autorretratar-se com um desenho, com palavras, com vídeo, com o corpo.

Quem sou eu?

Olhar-se é difícil. Entrar em contato com os seus verdadeiros traços, pensamentos, formatos, requer força e disponibilidade para enfrentar-se.

Olhar-se, realmente, no espelho é ter a coragem de ir ao desencontro dos padrões de beleza impostos por nossa cultura. Somente assim podemos nos reconhecer e valorizar a nossa beleza.

Aqui compartilho uma linda experiência de uma aluna que realizou dois autorretratos. Começar com as descobertas pessoais sobre suas características foi importante para identificar descontentamentos com o próprio corpo. Propus uma observação longa das características do rosto, percebendo os traços, marcas, cores e distâncias. Após uma longa investigação, desenhamos nossos traços no papel. Será que ficou com nossas características?

Passamos para a próxima etapa: lembrar das nossas características e reproduzí-las novamente, agora, cegos! (de olhos vendados)

“No auto-retrato cego eu senti que estava fazendo uma

imagem que não tinha nada a ver comigo, mas depois

eu vi e entendi que com os olhos fechados nos

desenhamos realmente e com os olhos abertos

como gostaríamos de ser!”

L.S

auto-retrato-laura

autorretrato

auto-cego-laura

autorretrato cego

Anúncios